Informação sobre dengue, causas, sintomas, diagnóstico e tratamento da dengue, de modo a que cada pessoa possa ter conhecimento deste problema de saúde, identificando práticas que possam contribuir para prevenir e diminuir a sua ocorrência.


quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Os mosquitos de dengue

Os vários sorotipos do vírus da dengue são transmitidos aos seres humanos através da picada de mosquitos Aedes infectados, principalmente Ae. aegypti. Este mosquito é uma espécie tropical e subtropical amplamente distribuído por todo o mundo, principalmente entre as latitudes 35 e 35 0S 0N. Estes limites geográficos correspondem aproximadamente a uma curva isotérmica de inverno de 10ºC. Ae. aegypti foi encontrado tão ao norte como 45 0N, mas essas invasões ocorreram durante os meses mais quentes e os mosquitos não sobreviveram aos invernos. Além disso, por causa das temperaturas mais baixas, o Ae. aegypti é relativamente incomum acima de 1000 metros. Os estágios imaturos são encontrados em habitats cheios de água, principalmente em recipientes artificiais, intimamente associados com habitações humanas e, muitas vezes dentro de casa. Estudos sugerem que a maior parte das fêmeas Ae. aegypti podem passar a sua vida dentro ou ao redor das casas, onde emergem como adultos. Isto significa que as pessoas, ao invés dos mosquitos, é que espalham rapidamente o vírus dentro e entre as comunidades. Surtos de dengue também têm sido atribuídos a Aedes albopictus, Aedes polynesiensis e várias espécies de complexo do Aedes scutellaris. Cada uma destas espécies tem uma ecologia particular, comportamento e distribuição geográfica. Nas últimas décadas Aedes albopictus espalhou-se da Ásia para a África, Américas e Europa, ajudado nomeadamente pelo comércio internacional de pneus usados em que os ovos são depositados quando contêm água da chuva. Os ovos podem permanecer viáveis durante muitos meses, na ausência de água.

Índice dos artigos relativos a Dengue

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL